jusbrasil.com.br
22 de Fevereiro de 2020

"Deus acima de tudo". Qual o Deus de Jair Bolsonaro? Quem será salvo?

Sérgio Henrique da Silva Pereira, Jornalista
há 7 meses

Jair Messias Bolsonaro é o atual Presidente da República. Um ícone de verdadeiro cristão para seus eleitores. Para quem não votou nele, um "falso cristão" quando faz gesto de "arma".

Tradição Judaico-Cristã.

O Brasil é de tradição judaico-cristã. No entanto, os colonizadores eram católicos. A Constituição de 1824 normatizava, oficialmente, a Religião Católica Apostólica Romana. Com a Constituição de 1891, o Estado laico. Mesmo laico, até a vigência da Constituição Federal de 1988, a religião Católica Apostólica Romana sempre foi oficial no inconsciente coletivo brasileiro. As Igrejas evangélicas ganharam força e expressividade com a Constituição Federal de 1988.

Pergunto, já que Bolsonaro defende "Deus acima de tudo", qual religião, católica ou evangélica, ele exalta? Ou será que ele considera que ambas são importantes para o Brasil? Para averiguação de disputas religiosas procurem no YouTube O Maior Debate Religioso no Brasil. Os evangélicos eram considerados como pertencentes de "seita".

Diferenças entre Católica e Evangélica.

Segundo o site Águas Santas:

"Uma das primeiras grandes diferenças entre o Catolicismo e o Protestantismo é a questão da suficiência e autoridade das Escrituras. Os Evangélicos creem que somente a Bíblia é a única fonte da revelação especial de Deus à humanidade, e como tal, ela ensina-nos tudo o que é necessário para nossa salvação do pecado.

(...)

Os católicos, por outro lado, rejeitam a doutrina da Sola Scriptura e não creem que somente a Bíblia seja suficiente. Eles creem que tanto a Bíblia quanto a sagrada tradição católica romana igualmente se combinam no Cristianismo.

(...)

Apesar de o Catolicismo ensinar que somente a Igreja Católica pode, de forma apropriada e correta, interpretar a Bíblia, os protestantes creem que a Bíblia ensina que Deus enviou o Santo Espírito para habitar todos os cristãos renascidos, dando a eles capacidade para que compreendam a mensagem da Bíblia."(https://igrejaaguassantas.net/qualadiferenca-entre-catolicoseevangelicos/)

Se somente as Escrituras Sagradas contêm às palavras de Deus é de se considerar que o Papa irá interpretar conforme queira. Contudo, mesmos os bispos, já que cada qual interpreta diferente, terá uma "verdade" para transmitir aos fiéis.

É notório o acontecimento de um chute na estátua de uma Santa da fé católica pelo pastor Sérgio Von Helder, em 1995. Os ânimos estavam exaltados entre católicos e evangélicos. A intolerância religiosa não é recente no Brasil.

Diferentemente do século XXI, as religiões africanas eram toleradas no Brasil, dificilmente terreiros eram destruídos.

Em tempos de exaltação religiosa por parte do Presidente da República, não há uma preferência explícita pela evangélica?

Problema. Já foi discutido sobre o uso de crucifixos nas repartições públicas sob justificativa de que o Estado é laico, ou seja, crucifixo representa crença católica. Será, pelo apoio recebido dos pastores evangélicos, o Messias não criará Decreto para retirar todos os crucifixos dadas repartições públicas?

Bolsonaro, recentemente, disse que colocaria um "superministro evangélico". Essa declaração dá ideia de que a crença evangélica ganhará máximos status nas decisões do ministro escolhido por Bolsonaro.

Direito Penal do Inimigo.

Em tempos de clamores de diferenciar "bons" e "maus" cidadãos, muito comum para justificar mortes.

"Os católicos recebem as graças de Deus através dos sacramentos, que são os meios estabelecidos por Jesus, para obtermos a graça. Como os protestantes negam o valor de muitos sacramentos, e como eles estão em heresia e, por isso, se tornam inimigos de Deus, os protestantes não podem receber graça satificante nenhuma. Eles vivem em pecado de heresia." (http://www.montfort.org.br/bra/cartas/apologetica/20040826194539/)

Como um superministro do STF poderá julgar se vive em heresia?

Outro fator.

"Daí dizer:"Eu não me confesso com os padres, porque eles também são pecadores, demonstra igual insensatez, como afirmar: "Eu não vou, com a minha doença, procurar conselho e remédio dos médicos, porque eles também ficam doentes". (http://www.imaculadamaria.com.br/Página/261/Protestantesea-Confissao-dos-Pecados)

Outros imbróglios:

"O pastor e teólogo John Piper foi questionado por um leitor de seu blog, Desiring God, se seu amigo falecido, que era católico, teria salvação. Ele ainda questionou se é possível católicos serem cristãos genuínos, apesar das doutrinas distorcidas da Igreja." (https://guiame.com.br/gospel/mundo-cristao/john-piper-fala-sobre-salvacao-de-catolicosepossivel-pe...)

A salvação é diferente para católicos e protestantes (https://www.veritatis.com.br/a-salvacao-para-catolicoseprotestantes/)

O artigo privilegia uma religião? Não. No entanto, em poucas linhas, pelos complexos ramos doutrinários, cada qual faz interpretações sobre salvação, perdão etc.

Por isso, a laicidade do Estado, e se espera que o chefe de Estado e de Governo também seja laico. Se o superministro evangélico quiser atuar conforme sua convicção religiosa, será ele neutro quando souber que há lide envolvendo evangélico e católico? Poderia ser um superministro católico, umbandista etc. Qual a ética do ministro?

As três religiões monoteístas têm um Deus, e cada qual diverge, em alguns pontos. Todavia, o amor, uma utopia de vida feliz entre todos os seres humanos, independente de crença. O pilar: amor.

E o que é amor, senão tolerância, perdão, apaziguamento, conciliação.



3 Comentários

Faça um comentário construtivo para esse documento.

Não use muitas letras maiúsculas, isso denota "GRITAR" ;)

Correção: o Presidente é Católico e sua esposa é Evangélica.
Tão bom e tão maravilhoso é que os irmãos na fé vivam em união, pois Deus é um só. O resto é mimimi. continuar lendo

Fico feliz que o Jair seja católico e defende os evangélicos, já que alguns votaram nele; talvez poucos, agora, apoiam. E pela tolerância religiosa de Jair será ótimo se ele indicar ingresso de futuro umbandista no STF. Como os umbandista não têm preconceitos contra gays e feministas, a CRFB de 1988 ficará mais forte.

Obrigado! continuar lendo

A pessoa que faz isso apoiado pelo seus eleitores se acham cristãos e creem emDeus? imagina se fossem seguidores do diabo!!!!!!
O Brasil é o maior consumidor de agrotóxico do mundo, de acordo com os dados mais recentes disponíveis. Só em 2013, segundo a Organização das Nações Unidas para Alimentação e Agricultura (FAO, na sigla em inglês), foram gastos US$ 10 bilhões em agrotóxicos. Grande parte desse lucro vai para fora do país, o que faz o comércio ilegal de pesticidas no Brasil trazer prejuízo para diversas empresas estrangeiras. Reportagem da Pública e da Repórter Brasil mostrou que apenas cerca de 26% dos produtos ativos (matéria-prima para o agrotóxico) usados na agricultura brasileira são produzidos no país.
Até o momento, dos 239 produtos agrotóxicos com registro deferido pelo governo de Jair Bolsonaro (PSL), apenas 38,9% foram para empresas brasileiras. Quarenta e quatro registros foram para empresas com sede na China, e 19 para grupos dos Estados Unidos.
https://portrasdoalimento.info/2019/07/31/cegueiraecorrosao-da-pele-novas-regras-para-agrotoxicos-aumentam-riscos-para-trabalhador.
esse deve ser 1 dos motivos que ninguem sabe mais o que faz e diz esses agrotóxicos, o fluor na agua, os rastros quimicos no céu já comeu o cerebro do povo só pode!!!
Deve ser esse 1 dos motivos d continuar lendo